Serra gaúcha: comer e beber

Uma das coisas mais interessantes em qualquer viagem é a culinária local. E na Serra Gaúcha tem tantas opções, que eu sinto vontade de ir correndo pra lá agora. Em Canela e Gramado se encontra restaurantes italianos, franceses, japoneses, lancherias, churrascarias…. hummmm… nem consigo descrever mais de tanta fome que já estou sentindo. Isso que nem citei os chocolates caseiros vendidos lá. Uma loucura!

Foto: Florybal / Divulgação

Foto: Florybal / Divulgação

Na minha última viagem para lá, tomei um cafezinho esperto na Gisele Padaria e Confeitaria, em Canela. É um lugar normal, mas tudo bem delicioso e bom atendimento. Ahhhh e tem wi-fi!

IMG_0006

 

A comilança continuou em Gramado. Bem no centro da cidade há a Rua Coberta, onde há vários restaurantes, daqueles que colocam o cardápio na calçada e a gente pode ver antes o que tem para comer o quanto irá gastar. O escolhido foi o Caracol Gourmet e preferi lanche, pois já era 15h. Pedi o lanche Caracol (viram que tem uma coisinha gosmenta imitando um caracol de verdade?):

minuano1

 

Pois é… o lanche era bem gostoso.

Desespero: Exceto esta parte gosmentinha aí, que era uma cebola com canela. A mistura não combinou com o meu gosto, achei enjoativo. Eu estava com o meu príncipe encantado, ele pediu outro lanche e estava bem gostoso. Foi um azar meu mesmo. Estou indicando aqui, pois fiquei com vontade de experimentar outros pratos deles.

Cervejaria Farol, em Canela, conquistou meu coração! O lugar é muito legal – clima rock’n roll – e os chopps deles são uma delícia! Uma coisa que eu observei e achei muito bacana é que eles produzem a cerveja em uma espécie de vitrine. Todo mundo chega vendo eles acrescentando os ingredientes. E também pode ser feito um tour pela fábrica de cerveja artesanal, que dura cerca de 30 minutos e tem que ter no mínimo quatro pessoas. Para se informar ou marcar a visita, entre em contato pelo : (54) 3282-7007

minuano1

 

Eu fui em um evento fechado, portanto não tenho certeza se o que comi faz parte do cardápio. Todavia, era a culinária típica daquela região: salame, linguiça branca, queijos… Hummmm…

minuano1

 

Desespero: o local é meio longe do centro, há uns 15 minutos, mais ou menos. Mas vale a pena!

Em Gramado, pertinho da Estação Rodoviária, encontrei um dos lugares mais legais e bem atendidos que já fui na vida: o Bier Paradise . O dono é absurdamente simpático, além de dar uma aula de cerveja para os clientes. Além do bar, ele também vende cervejas especiais e sorvete de cerveja. Nós tomamos essa, de pomelo. Uma delícia! Ah, e eles servem uma pizza de calabreza muito boa também. Nota 10000!

minuano1

 

Eu me encantei muito foi com as cucas vendidas na Praça das Etnias, em Gramado. O pessoal vem do interior do município e vende cucas tradicionais, recheadas e para comer ali mesmo, tudo feito na hora. O cheirinho… até hoje sonho com ele. E o sabor, indescritível. Ou melhor, dos deuses! Na foto aí abaixo, o moço está carregando a cuca que eu comprei. 😀

minuano1

 

Outro ponto fundamental: os chocolates. Existem várias marcas e tudo que eu já comi até hoje é delicioso. Fiz um tour pela fábrica da Lugano e foi muito legal. E lá ainda tem produtos abaixo do preço normal.

Canela 001

Também há outro espaço muito interessante, na Florybal. A marca possui vários prédios entre Gramado e Canela, mas o que eu achei interessante é o Play House, que fica quase na divisa entre as duas cidades. Lá tem uma pista para patinar feita de chocolate (paga para andar), além de outras atrações e muitos chocolatinhos para comprar.

minuano1

 

E o mais tradicional da região são os fondues. Acreditam que eu não lembro o nome do local onde comi? Mas lá há muitas opções e a maioria dos restaurantes tem o serviço de buscar e levar os clientes no hotel. Esta é uma refeição indispensável nesta viagem. Sério, é parada obrigatória.

Canela 046 Canela 049

Eu já te contei todos os motivos que te “obrigam” a ir à Serra aqui.

Onde se hospedar aqui.

Passeios a fazer aqui.

Viajem e me contem tudo, ok?

:*

Fernanda

Anúncios

Um pensamento sobre “Serra gaúcha: comer e beber

  1. Pingback: A deliciosa cerveja Schöfferhofer | Temperos e Desesperos

Deixe aqui seu tempero (ou desespero).

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s